Studio 4x

Importância do Briefing Para Qualquer Projeto

O briefing sempre esteve presente em qualquer ambiente de trabalho, talvez não com este nome.

Em agências de publicidade, o briefing também é chamado de PIT: Pedido Interno de Trabalho.

Ele é o resumo de uma tarefa que será realizada. Você pode fazer um briefing para você mesmo, mas o normal é ‘brifar’ outras pessoas.

Um briefing bem feito é a melhor forma de começar um projeto e ter sucesso.

Criar um briefing é muito fácil, se forem usadas as técnicas corretas.

Por isso, é tão importante ter um conhecimento prático e entender a importância dessa ferramenta.

O Que é Briefing?

O termo Briefing não tem uma tradução específica já que é uma palavra que vem sendo usada em sua forma original mesmo na língua portuguesa.

Porém podemos levar em conta o verbo inglês To Brief que significa Resumir.

Portanto, o briefing se trata de um resumo, um conjunto de ações e estratégias que são passadas para um grupo de pessoas para que certo problema possa ser resolvido.

O briefing é um elemento fundamental do planejamento!

Imagine a seguinte situação: você é o presidente de uma empresa e, em certo momento da história da empresa, os clientes começam a reclamar sobre um defeito específico em um produto. Ao saber disso você marca uma reunião de briefing, ou seja, mostra o panorama geral e possíveis estratégias para contornar o defeito.

Então, você pega essa lista de tarefas e passa para os setores determinados para que eles possam entrar em ação.

No briefing você mapeia o problema e faz sugestões de solução!

O briefing também pode ser uma série de instruções que o cliente passa para que você possa desenvolver o que ele deseja, que é basicamente o que ocorre no ambiente do marketing digital.





Briefing de Criação

O briefing de criação acontece toda vez que se inicia um processo criativo.

É uma tarefa complicada, pois muitas vezes, o cliente acha que quer uma coisa, mas na verdade ele precisa de outra completamente diferente.

Por isso, o atendimento publicitário precisa possui um alto nível de entendimento do seu cliente, problemas, mentalidade e necessidades.

Assim, o briefing em geral, é o resumo de um projeto, que contém as estratégias, contexto e os próximos passos para realizar certa ação ou resolver certo problema.

Por exemplo, eu tenho uma marca de sabão que precisa criar roteiros para um comercial. Logo, eu faço um briefing para o setor criativo da agência entender o problema e basear a sua solução dentro dos limites do briefing.

Este é um briefing de criação. Mas ele poderia ser um briefing de planejamento, tradução, revisão. Qualquer tarefa pode ser ‘brifada’.

Importância do Briefing Para Qualquer Projeto de Marketing

Qualquer projeto necessita de planejamento, e é a partir do briefing que as ações e estratégias são realizadas.

O briefing também pode conter melhorias do projeto em questão, o que faz com que o projeto fique cada vez melhor, resolvendo problemas mais complexos. Cada cliente tem uma vontade diferente e um jeito único de trabalhar.

Com o briefing você pode conhecer e traçar uma estratégia exclusiva para aquele cliente, proporcionando uma proximidade e realizando seus desejos de maneira mais detalhada.

É nesta etapa onde podem surgir dúvidas e questionamentos que nem você e nem seu cliente tinham feito antes, o que ajuda a entender melhor o projeto e realizá-lo de forma completa.

Principais Benefícios da Estratégia

Organização

Como já citei no começo do texto, o briefing se trata de um resumo de um projeto ou de atitudes que devem ser tomadas para se chegar em algum objetivo.

Portanto, ao construir o briefing, você estará também criando uma organização de ideias, e essa organização é crucial para a realização do projeto de maneira ordenada.

Inspiração

Ao construir o briefing de um projeto você perceberá coisas que antes não conseguia.

Lá estarão todas as ideias principais e todas as sugestões que seu cliente deu para realizar aquele projeto. Ao olhar todos esses itens você pode verificar que algumas coisas estão faltando ou que outros pontos são desnecessários.

Buscar inspiração no briefing e nas ideias iniciais de seu cliente é muito saudável e pode gerar melhorias muito boas no produto em questão.

Trabalhos épicos

Não é exagero dizer que o briefing ajudar a fazer trabalhos épicos.

Algo épico é algo memorável, e algo memorável não surge do nada ou de algo feito de maneira simples. Para ser lembrado tem que ser diferenciado, inovador e bem executado.

Planejamento

O briefing possibilita planejar tudo com antecedência e não tomar nenhuma atitude precipitada e sem fundamento.

Na realidade, o objetivo do briefing é justamente este: planejar o projeto antes da execução para que tudo seja feito com consciência e eficiência.

Faça um passo a passo em ordem de importância. Siga esse passo a passo e finalize o projeto. Não tem erro!

E você fará tudo com segurança pois seu projeto foi bem planejado através do briefing.





Como usar sabiamente os roteiros de briefing

Existe todo um roteiro para se construir um briefing de qualidade.

Nesta seção, abordarei como seguir este roteiro e quais são os passos práticos que você deve seguir para construir um briefing poderoso.

briefing-imagem

Análise pré-briefing

Antes mesmo da reunião com seu cliente para definir o projeto, comece a pesquisar sobre ele.

Pesquise seus trabalhos anteriores, como é a maneira que ele lida com os projetos, quais são os produtos que ele comercializa atualmente, etc.

Fazendo isso você poderá oferecer a ele algo que ele procura e não espera que você tenha conhecimento disso. Surpreenda-o com esta análise pré-briefing.

Criação de um roteiro de briefing personalizado para aquele cliente

Agora está na hora de criar o roteiro para o briefing.

Lembre-se que cada cliente possui uma característica específica e trabalha de um jeito, portanto o roteiro para o briefing muda dependendo do cliente.

Por isso, você deve tomar muito cuidado com os modelos de briefing. Eles são muito bons, mas não são aplicáveis a todas as situações, sempre existirão exceções.

Converse com seu cliente e extraia todas as informações necessárias para fazer um roteiro personalizado exclusivamente para ele.

Checklist: Roteiro de Briefing

Para que fique mais fácil de você fazer um roteiro de briefing, sugiro que você faça uma checklist de tudo que precisa estar nesse roteiro.

Lembrando que o roteiro vem antes do briefing, ou seja, você cria o briefing a partir deste roteiro.

Vou dar um exemplo de briefing uma funil de vendas com leads. Ele pode conter os seguintes itens:

  • Meta do Cliente
  • Oportunidades de Vendas
  • Processo de Vendas Atual
  • Volume de Vendas Atual
  • Ticket Médio
  • Método de Geração de Leads Atual

Meta do cliente

É sempre bom saber onde o cliente quer chegar com o projeto.

Antes de iniciar o briefing, pergunte-o quais são suas metas e objetivos. “O que você quer alcançar com seu projeto?”; “Você tem um alvo final já definido?”

Essas são perguntas que também podem ser feitas na reunião inicial.

Saber as metas ajuda muito na construção do briefing, pois você tem a consciência de até onde você precisa ir com aquela estratégia e como construí-la.

Oportunidade de venda

Quantas oportunidades de venda o seu cliente precisa para vender o produto que ele está comercializando atualmente?

Faz uma diferença enorme vender na primeira oportunidade ou ter que insistir para alguém comprar seu produto.

Seu papel é fazer o produto ser vendido com o menor número de oportunidades possíveis, se possível na primeira oportunidade.

Processo de vendas atual

Você também deve conhecer de que maneira o cliente vende seus produtos atualmente.

Ele vende online? Possui uma loja física? Ele terceiriza o processo de vendas?

Essas perguntas devem ser feitas e analisadas antes do briefing, pois se a estratégia de venda atual não estiver funcionando você pode aparecer com uma nova ideia e surpreender seu cliente.

Volume de vendas atual

É importante que você saiba qual é o volume de vendas destes produtos atualmente. Pesquise e faça gráficos e estatísticas.

Dessa maneira, você poderá analisar outros fatores como: “Por que este produto não está vendendo mais do que isso?”; “Quais melhorias posso aplicar para poder aumentar o número de vendas atual”; etc.

Ticket Médio

Se trata do valor médio que seus clientes gastam em seu negócio. Seu ticket médio pode ser diário, semanal mensal ou até mesmo anual.

Para fazer este cálculo basta você pegar todo o seu lucro no período de tempo determinado e dividir pelo número de clientes que você teve neste intervalo de tempo.

Por exemplo, eu tenho uma loja de roupas de grande porte e quero calcular o ticket médio deste mês.

Suponha que meu faturamento foi de R$30.000,00 e que a loja teve um total de 300 clientes. Portanto, o meu ticket médio mensal será de R$100,00 por cliente.

Esta média é muito importante de ser analisada para que você possa verificar o quanto esta estratégia atual do cliente está funcionando e como ela poderia ser melhorada.

O seu objetivo é sempre fazer o ticket médio ficar mais alto.

Método de geração de Leads atual

Gerar leads significa transformar leitores ou apreciadores do seu trabalho em contatos de e-mail para nutrição e vendas.

Existem diversas maneiras de  gerar leads: Ebooks, Webinários, templates, infográficos.

Pesquise o método do seu cliente e analise se realmente está funcionando e qual estratégia você tomaria para melhorar e gerar cada vez mais leads.

geração de leads site neil patel

Esta foto mostra como você pode colocar o chamado para gerar leads no meio de um artigo comum.





Mas, como é um modelo de um briefing? Veja um exemplo

Como eu já disse acima, existem vários modelos de briefing que são muito diferentes entre si.

Porém, há algumas questões que devem conter em todo modelo de briefing já feito.

Algumas dessas questões são:

  1. Qual é o produto/serviço a ser desenvolvido?
  2. Quem é o responsável por fabricar seu produto?
  3. Qual o público-alvo e o mercado-alvo?
  4. Com quais materiais seu produto será feito?
  5. Como o produto é aceito pelo mercado?
  6. Quais são os objetivos e visão do projeto?
  7. Quais são os benefícios que o produto oferece para os seus clientes?
  8. Quais seus principais concorrentes?
  9. Quais são os diferenciais do produto em relação aos concorrentes?
  10. Qual é o público que compra o seu produto?
  11. Qual a expectativa para o projeto?

Essas questões são cruciais e não devem faltar em nenhum modelo de briefing.

Conclusão

briefing-imagem-ilustrativa

Agora você já pode dar início aos seus projetos!

Utilize todas as dicas que deixei para você neste artigo.

Converse com o cliente, marque uma reunião e apresente todas as suas ideias e ouça as ideias dele também. Entrem em um acordo e comece a fazer o briefing.

Seu briefing deve ser um resumo de todo o projeto e, a partir dele devem surgir todas as estratégias e atitudes a serem tomadas.

Se for necessário, use modelos prontos de briefing e tente entregar o melhor produto possível.

Tenha planejamento, organização e dedicação.

Com certeza o briefing fará diferença em seus projetos!


Por Neilpatel

Conteúdo retirado do artigo “Briefing: O Que É, Como Fazer, Modelo, Exemplos e Muito Mais! (2020)”

Participe do Clube 4x

Aprenda todas as principais técnicas descobertas pelo nosso time de especialistas TOTALMENTE DE GRAÇA!

Nós não enviamos spam. Desinscreva-se quando quiser.

Comentários

Open chat